PCPR identifica digitais de autor e conclui inquérito de latrocínio contra policial civil aposentado

 A Polícia Civil do Paraná (PCPR) finalizou o inquérito do latrocínio que vitimou o policial civil veterano Tadeu Wersguerber, de 95 anos, em janeiro deste ano, na Capital. A conclusão aconteceu após a confirmação do laudo papiloscópico indicando a identidade do suspeito. O resultado foi expedido na segunda-feira (8).  

A PCPR realizou perícia no local do crime e encontrou diversas impressões digitais, que foram analisadas e encaminhadas ao banco de dados do Sistema Automatizado de Identificação por Impressão Digital.   

LAUDO PAPILOSCÓPICO- Ao todo, 25 fragmentos de impressão digital foram analisados, sete desses foram compatíveis com as digitais do suspeito.  A análise teve apoio de profissionais da Força Nacional.

CRIME- O policial civil aposentado foi morto na residência em que morava, no bairro Hauer, em Curitiba, no dia 24 de janeiro.   

Na ocasião o suspeito teria entrado no local em busca de dinheiro. Ao perceber que não havia nenhuma quantia na casa, matou a vítima com 29 tesouradas.    

Ele foi preso pela PCPR e pela Polícia Militar do Paraná um dia após o crime, em um bar, no bairro Novo Mundo, também na capital.

Fonte: https://www.policiacivil.pr.gov.br/Noticia/PCPR-identifica-digitais-de-autor-e-conclui-inquerito-de-latrocinio-contra-policial-civil

Leave a Reply