Rapaz morre atropelado na BR-060 após participar de festa trance

Rapaz morre atropelado na BR-060 após participar de festa trance

O exame papiloscópico — nas impressões digitais, feito pelo Instituto de Identificação — deu a confirmação da identidade.

A Polícia Civil já identificou o corpo do estudante Marco Túlio Araújo Silva, de 17 anos. Ele morreu após ser atropelado por vários carros na madrugada do dia 1º de janeiro. O fato aconteceu na BR-060, entre Goiânia e Abadia. A vítima, segundo as testemunhas, estaria sem roupas, e corria entre os carros. Ele foi enterrado às 17 horas desta quinta-feira (3) e a polícia investiga os fatores que levaram à morte.

“Um menino genial, de um sorriso fascinante e um coração lindo”. É como descreve uma pessoa muito próxima, da família, que pediu para não ser identificada na reportagem. Ela conta que Marco saiu de casa e se despediu da família por volta das 18 horas do dia 31 de dezembro, com a promessa de passar a virada de ano em um evento de música eletrônica. Ele retornaria para casa às 18 horas do dia 1º, mas o que aconteceu no interior da chácara onde aconteceu a festa ainda é uma incógnita.

“Não temos noção de como tudo aconteceu até que ele fosse atropelado. Não sabemos se ele morreu antes e jogaram o corpo na rodovia, se ele realmente foi atropelado, ou o que provocou que ele andasse pelado em plena rodovia, como disseram à polícia”, disse a familiar ao Mais Goiás. O rapaz, segundo ela, “estava muito machucado e foi identificado pelos pais por conta das pulseiras e um anel”. O exame papiloscópico — nas impressões digitais, feito pelo Instituto de Identificação — deu a confirmação da identidade.

Nas redes sociais, pessoas pedem explicações à organização do evento. “No aguardo da nota com respostas sobre o sumiço do meu amigo”, diz uma seguidora. Um dos administradores responde: “familiares da pessoa entraram em contato comigo e já foi esclarecido que o evento não teve envolvimento com o fato ocorrido”, disse.

CASO

A Polícia Civil recebeu informações, por volta das 2 horas da manhã, após a virada do ano, de que um rapaz sem roupas corria entre os carros, na altura do quilômetro 171 da BR-060, na saída de Goiânia para Abadia de Goiás. A Polícia Rodoviária Federal também foi acionada, e se deslocou até o ponto, mas em determinado momento, segundo relataram as testemunhas, um carro não identificado bateu no rapaz. Os veículos que seguiam na mesma via logo atrás, também bateram no corpo, que já estava no chão.

A Polícia Civil (PC) relatou no Registro de Atendimento Integrado (RAI), que ao chegar no ponto do acidente o corpo já estava sem vida, e desfigurado pela sequência de colisões. A Polícia Técnico-Científica também esteve no local, e periciou a cena.

A família de Marco Túlio buscava pelo rapaz, que não retornou às 18 horas como previsto, e chegou a registrar o desaparecimento em delegacia. Após ler a notícia do acidente com o corpo não identificado no Mais Goiás, a mãe chamou o pai para irem até o Instituto Médico Legal de Goiânia (IML), e a confirmação oficial foi feita.

Fonte: Mais Goiás

Leave a Reply