Perita Papiloscopista da PCPE participa como instrutora de curso de local de crime na ACADEPOL/RN

A Academia de Polícia Civil do Rio Grande do Norte – ACADEPOL/RN realizou, na última quinta (12) e sexta-feira (13) do mês em curso, um Curso de Local do Crime, oferecido pela Polícia Civil em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, em conformidade com o Plano Nacional da Segurança Pública. O curso foi destinado à agentes de segurança pública dos quadros da Polícia Civil, da Polícia Militar, Guarda Municipal, e também socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) como forma de integrar as ações de combates aos crimes violentos letais intencionais – CVLI’s. 

 

O curso foi iniciado com a parte teórica apresentando os conceitos e necessidade de procedimentos nas ações para que haja uma ação coordenada e logo depois, para que colocasse em pratica o que foi estudado foi, ocorreu uma simulação de um local de crime, onde foi apresentando uma ocorrência de homicídio no estacionamento da Delegacia Geral da Polícia Civil (DEGEPOL) e posteriormente um relatório com base no que foi apurado nessa simulação.

Um dos instrutores foi a Perita Papiloscopista da Polícia Civil de Pernambuco, Márcia Cordeiro, que pós-graduada em perícia forense e devido a atuação por quase três anos em CVLI na Força Nacional, com elogios por escrito nas operações, a SENASP convidou a perita para falar da atuação da perícia. Procurada para falar deixou a seguinte mensagem:

“Venho representando a categoria de Peritos Papiloscopistas da Polícia Civil de Pernambuco com o objetivo de mostrar o que Pernambuco tem de melhor. Compartilhar conhecimentos em prol da segurança pública. Por isso aqui nesse curso, na mesmo turma tiveram delegados e agentes da polícia civil, policiais militares, guardas municipais e socorristas do SAMU. É uma verdadeira integração, tudo pelo bem da sociedade. Aqui não falei de Márcia e sim de perícia, da importância de perícia papiloscópica integrada com as demais perícias envolvidas e com os procedimentos investigatórios. A importância do curso é de integrar as forças policiais juntamente com o serviço de emergência, já que o local de crime é um local de trabalho integrado.”

A diretoria da ASPPAPE parabeniza a Perita Papiloscopista, Márcia Cordeiro, pela representação de nossa categoria como também deseja sucesso em sua jornada na expectativa que novos convites surjam para que possa continuar disseminando conhecimentos no campo da perícia papiloscópica e suas ramificações.

A DIRETORIA ASPPAPE  

 

Leave a Reply