Moradores do Cordeiro recebem a sexta edição do Comunidade Segura

Moradores do Cordeiro recebem a sexta edição do Comunidade SeguraProjeto da SDS oferece serviços gratuitos para a população, como emissão de documentos

O projeto Comunidade Segura, desenvolvido pela Secretaria de Defesa Social (SDS), que vem percorrendo bairros da capital pernambucana, vai atender nesta terça-feira (20/02) os moradores do bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Eles terão acesso à emissão de documentos, orientação sobre saúde bucal, prevenção de acidentes domésticos, violência contra a mulher, entre outros temas abordados pelas operativas da SDS. A ação será realizada a partir das 8h, na Escola Municipal Darcy Ribeiro.

 

Na Escola, o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB) emitirá a 2ª via da carteira de identidade, de certidões de nascimento, casamento e óbito. A população poderá, ainda, solicitar a 2ª via do CPF.

A ação contará ainda com prestação de orientação para a comunidade sobre os serviços oferecidos pelas SDS, como a Corregedoria e a Ouvidoria da SDS, que estarão no local para prestar esclarecimentos e receber denúncias a respeito do trabalho das operativas.

Outro serviço informativo será o das Operações Lei Seca, que visa prevenir acidentes provocados por condutores alcoolizados; e Desarmamento, cujo objetivo é incentivar que donos de armas sem porte legal entreguem-nas à polícia, sem penalização.

Também serão ministradas palestras para os alunos da Escola sobre: direitos da criança e do adolescente; violência doméstica; bullying; saúde bucal, com o trabalho do corpo odontológico da Polícia Militar; direitos humanos e promoção da cultura de paz; e prevenção ao uso de drogas.

Os cães de busca da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães), da PMPE, e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco serão levados para demonstrações, que poderão ser acompanhadas pela população.

O CBMPE também informará os participantes sobre primeiros socorros e utilização correta dos botijões de gás, para evitar acidentes.

Fonte: Destak

Leave a Reply