Investimento em policiais e infraestrutura reforça segurança no Estado

Investimento em policiais e infraestrutura reforça segurança no EstadoFBI – Uma parceria inédita foi fechada entre as perícias criminal do Pará e dos Estados Unidos.

Valéria Valentim é investigadora da Polícia Civil no município de Cametá, no nordeste do Pará. Já o baiano João Santana, novo investigador de Polícia Civil, escolheu a cidade de Bragança, no nordeste paraense, para trabalhar. Os dois fazem parte do grupo de novos policias civis empossados pelo Governo do Estado, e que já estão em ação no interior do Estado.

Ao todo, 141 novos delegados tomaram posse em 27 de março. Eles foram aprovados junto com 289 investigadores, 166 escrivães e 19 papiloscopistas. O ingresso dos novos policiais faz parte dos compromissos assumidos pelo governador no pacote de ações imediatas na área da segurança em 2018.

Com esse total de novos policiais, a corporação, que contava com 2.862 policiais civis em atividade antes do concurso, agora vai contar com mais de 3.400 policiais.

“E ainda tem mais dois mil policiais militares que devem ingressar nos próximos meses”, destacou o governador Simão Jatene na cerimônia de posse dos novos policiais.

Os investimentos não se limitam apenas em pessoal. Nas últimas semanas, o Governo do Estado realizou inúmeros investimentos em logística e infraestrutura. Entre 2012 e 2017, o Pará recebeu o maior investimento em segurança já realizado no Estado, mais de 14 bilhões.

Investimentos em Logística – Na cerimônia de posse dos novos policiais foram entregues os veículos que fecham as primeiras entregas de 115 motocicletas e 105 pick-ups para renovação da frota utilizada nas ações da Polícia Militar.

“Este número representa um investimento de R$ 2,5 milhões. Além dessas motocicletas, mais 700 locadas deverão ser entregues nas próximas semanas. Iniciamos também o processo de renovação de uma frota de 400 carros tipo pick-ups e mais 400 do tipo SW (station wagon), totalizando 800 veículos, que deve ser finalizado nos próximos meses”, afirmou o coronel Hilton Benigno, comandante geral da Polícia Militar do Pará.

“Esse foi um compromisso do governador naquele adicional de ações imediatas para 2018 que estão sendo cumpridas, com nomeação de novos servidores, com renovação da frota e equipamentos para reforço em todas as regiões do Estado”, frisou o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Luís Fernandes.

FBI – Uma parceria inédita foi fechada entre as perícias criminal do Pará e dos Estados Unidos. Na última semana, o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” e o Federal Bureau of Investigation – FBI (em português: Gabinete Federal de Investigação) celebraram acordo de intercâmbio. Com isso, os peritos paraenses receberão aperfeiçoamento em diferentes áreas nos laboratórios da polícia americana. Além disso, um treinamento será ministrado por agentes do FBI em Belém.

Dez peritos poderão se inscrever no intercâmbio, que tem previsão para iniciar em julho deste ano. Nos Estados Unidos serão trabalhadas as seguintes especialidades: Local de Crime; Impressão Digital; Desastres em Massa; Exames Físicos, Químicos e Biológicos; Balística Forense; Documentoscopia e Informática Forense.

“Estamos atentos ao aumento da violência no Brasil inteiro e o Estado do Pará, graças ao equilíbrio das suas contas, ao esforço que foi feito para ter uma situação fiscal equilibrada, está fazendo investimentos no sentido de levar a superação, reforçando seu efetivo e equipando melhor as nossas polícias para enfrentar essa doença nacional”, afirmou Simão Jatene.

Regiões já contempladas com novos policiais civis:

Região do Tocantins

Região do Marajó Oriental

Região do Caeté (Bragantina)

Região do Capim (Guajarina)

Região do Marajó Ocidental

 Região do Lago de Tucuruí

Região do Sudeste do Pará

Região do Xingu

Região do Alto Xingu

Região do Baixo Amazonas

Região do Araguaia Paraense

Região do Tapajós

Por Márcio Flexa

Fonte: Ariquemes

Leave a Reply