Carro e caminhão colidem, pegam fogo na BR-316 e quatro pessoas morrem

Peritos tentam realizar o procedimento de identificação por necropapiloscopia. As últimas duas opções são por exame da arcada dentária e DNA

Vítimas fatais estavam em veículo Palio envolvido no acidente, ocorrido em trecho do município de Palmeira dos Índios. Um grave acidente ocorrido na tarde desta quinta-feira (23) na BR-316, deixou quatro pessoas mortas em trecho do km 150, no município de Palmeira dos Índios. Um Fiat Palio e um caminhão colidiram frontalmente. No momento da batida ambos veículos incendiaram deixando os quatro ocupantes do Palio sem vida. O condutor do caminhão foi socorrido e está consciente.

O Palio tinha placa pertencente ao município de Rio Largo (OED-5434). Em consulta ao aplicativo Sinesp cidadão, mostra que o carro era vermelho e do ano de 2012. De acordo com a assessoria da Polícia Rodoviária Federal em Alagoas (PRF-AL), o Palio invadiu a contramão. Em seguida, o motorista do caminhão tentou desviar indo em direção ao seu acostamento, porém não conseguiu evitar a colisão frontal.

O condutor do veículo pesado foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento de Palmeira dos Índios com escoriações leves. Até o momento, nenhuma das vítimas foi identificada.

O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL)enviou duas viaturas para a ocorrência. Eles realizaram o combate ao incêndio e quando chegaram ao local, o Palio ainda estava em chamas. Segundo a assessoria do CBMAL, o motorista do caminhão tem 36 anos.

Sobre a identificação das vítimas, a assessoria do Instituto de Medicina Legal (IML) informou que o procedimento de identificação mais normal é feito por documento oficial com foto. Caso estes documentos estejam completamente carbonizados, os peritos tentam realizar o procedimento de identificação por necropapiloscopia. As últimas duas opções são por exame da arcada dentária e DNA.

Fonte: Tribuna Hoje

Leave a Reply