II Jornada Papiloscópica Pernambucana em Afogados da Ingazeira/PE promovida pela ASPPAPE ganha destaque na Cidade e Regiões com a realização de Ação Social.

A Jornada Papiloscópica Pernambucana nasceu de uma iniciativa da equipe que trabalhava no setor de estudos e pesquisas científicas do Instituto de Identificação Tavares Buril, os Peritos Papiloscopistas, Paulo Nogueira, Theresa Liberal e Uberlan Magalhães, que então de imediato foi abraçada pela Associação dos Peritos Papiloscopistas Policiais Civis do Estado de Pernambuco – ASPPAPE, sendo inicialmente, na sua primeira edição, em 2018, organizada pela Associação sob supervisão do Instituto de Identificação para que em comemoração ao dia nacional do Perito Papiloscopista, fosse promovido conhecimento para a categoria e estudiosos da área de identificação forense, e foi realizada em Recife, capital pernambucana, no Centro de Formação dos Servidores do Estado, e com o projeto piloto despertou o interesse de expandir para as cidades do interior do Estado.

Em 2019 foi escolhida a cidade de Afogados da Ingazeira/PE, a pedido da Perita Theresa Liberal, por se tratar da terra em que a idealizadora do projeto nasceu, passando a ser produzida e organizada totalmente pela ASPPAPE com as parcerias do Instituto de Identificação Tavares Buril, Secretaria de Defesa Social e o Instituto Federal Tecnológico de Pernambuco no Campus de Afogados da Ingazeira, além do grande apoio do Blog de Pedro Araújo e o Programa Manhã Total, com Nill Júnior, Rádio Pajeú.

A II Jornada Papiloscópica Pernambucana foi realizada nos dia 04 e 05 de fevereiro, em sintonia com a data de comemoração nacional pelo dia do Perito Papiloscopista, 05 de fevereiro, onde foi apresentado: palestras, mini-cursos, desenvolvimento de trabalhos, além de mesas de discussão entre convidados e participantes. Contamos com três palestrantes externos: professor titular do departamento de genética da UFPE Doutor Marcos Antônio de Morais Júnior, professor adjunto do departamento de genética da UFPE Doutor Valdir de Queiroz Balbino, e a pesquisadora do Laboratório de Genética Forense do Instituto de Biologia do Exército -IBEx, no Rio de Janeiro/RJ, Mestre Ludmila Alem.

Na quarta-feira, dia 06 de fevereiro, em forma de agradecimento, foi finalizado o evento com a participação voluntária dos Peritos Papiloscopistas que participaram do Jornada, incluindo os palestrantes, com uma Ação Social com oferecimento do serviço de solicitação de 200 carteiras de identidade, de forma gratuita, solicitação da ASPPAPE à SDS, para a população da cidade e região que acolheram os participantes da Jornada.

Por fim, foi escolhida a cidade que sedeará a III Jornada Papiloscópica Pernambucana em 2020, sendo escolhida a cidade de Petrolina/PE. Agradecemos a todos que participaram e que de alguma forma contribuíram para que esse evento científico e social ocorresse.

A DIRETORIA ASPPAPE

Leave a Reply