• Polícia divulga retrato falado de suspeito de estuprar diversas mulheres em Xinguara

    retrato faladoO retrato falado foi elaborado pelo papiloscopista policial civil Bruno Veras, da Superintendência Regional do Alto Xingu.

    A Polícia Civil divulgou, no último sábado (16), o retrato-falado de um homem que desde o ano passado tem sido apontado como o autor de estupros de mulheres, em Xinguara, sudeste paraense. Pelo menos 10 mulheres já registraram boletim de ocorrência na Seccional de Polícia Civil para denunciar o criminoso. Segundo as vítimas, o suspeito age sempre do mesmo modo. “Ele aborda as vítimas entre as 4 horas da madrugada e as 7 horas da manhã. Ele costuma chegar às vítimas usando uma moto e anuncia o roubo do celular, mas a intenção é estuprar. Já teve vítima que entregou o celular e ele devolveu em seguida”, descreveu o delegado Max Muller. [Leia mais…]

  • Preso assassino de advogado

    Foram colhidas as impressões digitais do preso lá no estado do Maranhão e, através do trabalho dos Institutos de Identificação da Bahia e Pernambuco, chegou-se à conclusão de que o preso no Maranhão tratava-se do procurado Ronaldo Marques de Sousa.

    A Polícia Civil, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), detalhou nesta terça-feira, 19, as investigações que resultaram na prisão de um homem, supostamente de nome Ronaldo Marques de Sousa, acusado de assassinar um advogado no ano de 2013. O infrator foi localizado e preso no Maranhão.

    O advogado Aloísio Santos Filho foi assassinado no dia 17 de outubro de 2013, na frente do próprio escritório de advocacia, no bairro Siqueira Campos. A delegada Thereza Simony detalhou as investigações e explicou a principal motivação do delito. “O motivo do crime é que Aloísio era cunhado do Ronaldo, que estava em disputa pela guarda do filho menor com a ex-esposa. Dr. Aloisio colocou na petição que não queria que o filho convivesse com o tio, em razão dos atos ilícitos que ele praticava. Diante deste fato, ele praticou o crime e fugiu do estado”, afirmou a delegada. [Leia mais…]

  • Resultado do sorteio e relação dos contemplados com o incentivo para participação do XV Congresso Brasileiro de Identificação e Biometrics HITech Summit 2019 em São Paulo/SP

    O resultado do sorteio do 1º Prêmio da Loteria Federal, Concurso 5385, realizado no último Sábado, dia 04 de maio de 2019 às 19h00 foi o número: 05049. Sendo assim, por aproximação do número sorteado segue a lista dos contemplados a seguir:

    [Leia mais…]
  • Relação dos associados que informaram o número para concorrer ao sorteio que se realizará amanhã, 04 de maio de 2019.

    Relação dos Associados da ASPPAPE que concorrerão ao sorteio de 3 diárias de hospedagens para 4 associados em quartos duplos no Hotel Moncloa, com localização próxima a realização do XV Congresso Brasileiro de Identificação em São Paulo-SP, mais um voucher de R$ 300,00 (trezentos reais) para cada ganhador destinado a alimentação pelo período de hospedagem.

    [Leia mais…]
  • Incentivo ao conhecimento: XV Congresso Brasileiro de Identificação e Biometrics HITech Summit 2019 em São Paulo/SP

    Nos dias 20 e 21 de agosto do corrente, irá ser realizado em São Paulo-SP o XV Congresso Brasileiro de Identificação e Biometrics HITech Summit 2019, evento científico promovido pela Federação Nacional de Peritos Oficiais em Identificação – FENAPPI em parceria com a Biometrics HITech com o objetivo de difundir conhecimento e apresentar as mais novas tecnologias em identificação biométrica do mercado.

    Assim, é com imensa satisfação que a ASPPAPE sempre na busca e incentivo ao conhecimento continuado e na promoção de benefícios aos associados irá oferecer por meio de sorteio para os associados que tiverem interesse, 3 diárias de hospedagem para 4 associados no Hotel Moncloa, localizado na Rua Augusta, 646, Consolação, São Paulo-SP, com 1 Km de distância do evento, mais R$ 300,00 (trezentos reais) em voucher para alimentação de cada ganhador. Os interessados em participar basta seguir as instruções a seguir.

    Leia mais
  • “Corpos sem nome” ou abandonados pela família lotam salas do Imol

    A câmara fria onde ficam os corpos armazenados no Imol (Foto: Marina Pacheco)

    …identificar os corpos não é atribuição do Imol. O Instituto de Identificação é que deve fazer esse trabalho.

    “A capacidade da câmara fria é em torno de 24. A situação já está beirando os 40, com 10 não identificados”. Assim resume o diretor do Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) Carlos Idelmar de Campos Barbosa, sobre a situação dos corpos armazenados no Instituto.

    O diretor trabalha cercado de papeis na mesa, registros de liberação de corpos que um dia foram pessoas, tiveram famílias e memórias. No Imol, no entanto, acumulam-se no espaço restrito, congelados em temperatura que variam de -5 a -10 graus. Dos cerca de 40, muitos ali estão porque ultrapassaram o tempo para que as famílias viessem buscá-los, ou porque não têm nenhuma identificação, caso de 10 corpos dessa lista. Alguns estão há meses, outros há um ano.

    [Leia mais…]
  • Software de identificação facial da Amazon usado pela polícia fica aquém da precisão e do viés

    Software se esforça para passar em testes básicos.

    O software de reconhecimento comercial, desenvolvido pela Amazon e comercializado para as autoridades norte-americanas como uma ferramenta poderosa de combate ao crime, se esforça para passar por testes básicos de precisão, como identificar corretamente o sexo de uma pessoa.

    Pesquisadores do MIT Media Lab disseram que o sistema Rekognition teve um desempenho mais preciso ao avaliar rostos de pele mais clara, levantando preocupações sobre como resultados tendenciosos poderiam manchar o uso da tecnologia de inteligência artificial pela polícia e em locais públicos, incluindo aeroportos e escolas.

    [Leia mais…]
  • Tecnologia de reconhecimento facial ajuda a identificar fraudes em documentos

    Tecnologia ajudou a idenficar fraudes feitas por contadores para abrir empresas  — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

    Irregularidades foram identificadas durante a operação Walking Dead. Fotos e dados falsos foram usados para abrir empresas e sonegar impostos.

    Uma tecnologia de reconhecimento facial ajudou a polícia a identificar fraudes em documentos. As irregularidades foram descobertas durante a operação Walking Dead e teriam sido feitas por contadores suspeitos de criar empresas com nome falso e de pessoa morta para sonegar impostos, gerando dívidas com o Fisco no valor de R$ 7,5 milhões.

    A TV Anhanguera teve acesso aos laudos da investigação. Para desvendar o caso foi usado um novo método de exame no Instituto de Identificação que permite o reconhecimento através do rosto.

    [Leia mais…]
  • CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA DE REFORMA DO ESTATUTO DA ASPPAPE DIA 11 DE ABRIL DE 2019

  • Emissão de vias extras de RG gerou prejuízo estimado em R$ 5,8 milhões aos cofres públicos

    O valor do prejuízo calculado se baseia em uma planilha de custos elaborada em 2016.

    Cuidar bem do documento de identidade é uma forma de economizar recursos públicos. No ano passado, o Amazonas teve prejuízo estimado em R$ 5,8 milhões com a emissão de novas vias de Registros Gerais (RG) para cidadãos que já tinham o documento, mas que o perderam ou extraviaram. Do total de 286.157 documentos expedidos, 51,7% foram para segundas vias. 

    Em janeiro de 2019, foram emitidas 27.014 carteiras de identidade. Desse total, 11,1 mil foram outras vias. Os dados são do Instituto de Identificação, órgão vinculado ao Departamento de Polícia Técnico-científica (DPTC) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). 

    [Leia mais…]